publicado em 8 de Novembro de 2019 às 14:11 - Notícias

Servidores do Hospital Regional de Campo Grande pedem socorro. Mobilização foi a forma de luta encontrada pelos funcionários para dar um basta na crise do HR-MS

Votação

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (8), no pátio do HR-MS em Campo Grande, a Assembleia Geral dos servidores da saúde estadual, organizada pelo SintssMS.

A mobilização foi um pedido dos funcionários que vem relatando há alguns anos a falta de material e insumos básicos como remédios, para realizar um melhor atendimento à população.

A situação se agravou nos últimos meses, tendo em vista a cobertura jornalística dos meios de comunicação sobre a crise do HR que vem gerando muita tensão na população.

“As pessoas vêm aqui no HR com seu ente querido e leem nas matérias que tá morrendo gente, que tá em crise, a pessoa fica nervosa e agride os funcionários, já chegaram vários relatos destes casos no sindicato, então a gente chegou num limite que não dá mais” frisou Ricardo Bueno, Presidente do SintssMS.

Conforme Bueno, além das crises referentes à falta de material para o trabalho, inclusive remédios, “a gente percebe que a crise não é bem da maneira como está sendo colocada, está ficando de uma maneira que parece que os funcionários estão sendo os culpados, aí eles que acabam sendo agredidos pela população, enquanto isso a gestão estadual, fica há mais de 5 anos sem realmente priorizar e investir neste hospital” afirmou.

A direção do SintssMS avalia que os funcionários chegaram num momento de dar um basta nisso, pois a situação é muito grave, “ou se prioriza os investimentos neste hospital ou eles vão fazer manifestações e paralisações, o primeiro manifesto é ir à Assembleia Legislativa pedir apoio aos deputados, e solicitar uma reunião com o governador, pois com o secretário de saúde o diálogo é quase impossível, já que o tempo todo ele fala em novo modelo de gestão e nós entendemos isso como terceirização”, disse Bueno.

Os trabalhadores solicitaram do sindicato a organização da assembleia e o SintssMS respondeu a esta solicitação e agora as lideranças da categoria vão encaminhar esta luta em defesa do HR e dos seus funcionários, apoiando as mobilizações.  

Movimento

A plenária dos servidores da saúde estadual de hoje (8) deliberou pela realização de uma manifestação, convocada para a Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul, na manhã do próximo dia 12 de novembro (terça-feira), para expressar a situação de crise do HR e pedir apoio aos deputados estaduais.

Na oportunidade a categoria espera que um dos diretores do sindicato possa fazer o uso da palavra naquela casa de leis.

A Direção do SintssMS avalia que é um direito da população que o Ministério Público faça uma investigação sobre o caso.

 

Escrito por: Sérgio Souza Júnior, assessoria de comunicação SintssMS 

 

    Arquivo(s) para baixar
    Conteúdo Relacionado
    Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social de Mato Grosso do Sul
    Rua da Abolição nº 108, Bairro Taquarussú, Campo Grande-MS - 79006-070, Telefone: (67)-3384-5608 - email:sintssms@sintssms.org.br
    Todos os direitos reservados a “sintssms” - Desenvolvido por Avalue Sistemas